nov 14, 2018

A partir de fevereiro de 2018 motoristas de todo país poderão apresentar a Carteira Nacional de Habilitação – CNH em formato eletrônico, a CNH-e. A emissão do documento digital foi aprovada ontem, 25 de julho, pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran, a medida foi publicada no Diário Oficial da União – DOU desta quarta-feira, 26.

O formato digital terá a mesma validade do documento impresso, visto que será assinado com certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil.
Para obter a CNH-e o motorista deverá realizar cadastro no Portal de Serviço do Denatran e assinar a solicitação com certificado digital ICP-Brasil. Após o cadastro, o interessado receberá um link para realização do login no parelho em que deseja ter sua CNH digital. Dessa forma, a CNH poderá ser apresentada no aparelho eletrônico, smartphones e tablets, aos agentes de trânsito, que verificarão a autenticidade do documento através da leitura do QR-Code apresentado.
“Estamos dando um passo à frente, desburocratizando o processo. Há um conjunto de padrões técnicos para suportar um sistema criptográfico que assegura a validade do documento. Com isso, quem esquece a CNH em casa, não estará sujeito à multa e pontos na carteira. Basta apresentar o documento digital”, destacou o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Crédito da foto: José Cruz/Agência Brasil

Fonte: www.iti.gov.br/component/content/article?id=520

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe um Comentário