nov 14, 2018

O painel sobre os benefícios e desafios do uso do prontuário eletrônico do paciente encerrou o primeiro dia de apresentações do 16º CertForum – Fórum de Certificação Digital. O documento, assinado com certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, substitui o conhecido prontuário em papel, que lota arquivos imensos em diversos hospitais do país.

Ao iniciar os trabalhos do painel, a supervisora de Prontuário do Paciente do Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo– CRER, Juceli Fernandes, falou sobre os imensos benefícios com a adesão do prontuário eletrônico. O documento digital facilita o arquivamento e a busca pelos prontuários, facilita a atualização da evolução do paciente e possibilita que o histórico seja claro e objetivo, destacando as informações mais relevantes para a equipe médica.

Em seguida, o coordenador de Informática do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, Wilson Moraes Góes, falou sobre o uso do certificado na Instituição. Góes enalteceu os benefícios do prontuário eletrônico, que acaba, por exemplo, com a famosa dificuldade de interpretação da letra de médicos e aumenta sobremaneira a disponibilidade do documento.

Góes alertou para a necessidade de médicos que já conhecem sistemas de prontuário eletrônico do paciente atuarem no treinamento de outros colegas de ofício, colaborando assim para que a transição do papel para o digital seja melhor assimilada. “O profissional da área de tecnologia não compreende como funciona a sistemática de um prontuário e suas especificidades. Dessa forma, percebemos que é bastante eficiente quando o treinamento aos ainda não iniciados no prontuário eletrônico é dado por médicos que já aderiram ao novo formato”.

Fonte: ITI.

Tags:

0 Comentários

Deixe um Comentário