jul 17, 2019

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito passa a disponibilizar três novas funcionalidades. A plataforma desenvolvida pelo Serpro para o Denatran agora poderá ser acessado não só digitando a chave de acesso de quatro dígitos, mas também com a impressão digital do usuário.

Outra novidade é que o certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) eletrônico passa a trazer informações sobre o ano do último licenciamento, facilitando a identificação de quando foram pagas as taxas referentes à liberação do veículo para circulação.

Neste mesmo mês, também estreou a função de compartilhamento do CRLV, permitindo a utilização do documento veicular, simultaneamente, por até cinco pessoas, além do proprietário do veículo.

Para quem já possui o aplicativo instalado, as novidades serão atualizadas automaticamente. O acesso à Carteira Digital de Trânsito por biometria só é possível em smartphones ou tablets que já possuam leitor de impressões digitais.

As novas funcionalidades fazem parte de uma série de melhorias implementadas a partir do feedback dos usuários na lojas oficiais de aplicativos. Essas novidades têm contribuído para um aumento no número de adesões aos documentos eletrônicos.

Em dezembro do ano passado, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH digital) passou a ter a opção de ser gerada diretamente pelo aplicativo, sem a necessidade do comparecimento ao posto de atendimento do Detran. Isso provocou um aumento de 85% no número de usuários em apenas 30 dias.

Atualmente, cerca de 1,5 milhão de motoristas de todo o país possuem a CNH digital. Já a versão digital do CRLV é utilizada por 85 mil usuários de nove estados, além do Distrito Federal, que já disponibilizam o documento veicular: Ceará, Goiás, Pernambuco, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Maranhão, Amapá e Amazonas.

Como baixar a carteira digital de trânsito

  • Faça o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) na App Store ou na Google Play;
  • Faça o cadastramento no aplicativo;
  • Ative o cadastro clicando no link “ativar”, recebido por e-mail;
  • Faça login no aplicativo e clique em “adicionar documento”, que será a CNH Digital.
  • Depois, escolha entre as opções: “pelo celular”, “com certificado digital” e “sem certificado” (comparecimento ao Detran).
  • Se a opção for “pelo celular”, use o celular para ler o QR Code e depois faça a “prova de vida”, um movimento físico, lido pela câmera do telefone.
  • Confirme a validação e informe o número de telefone celular.

O aplicativo vai pedir, ainda, para o usuário criar uma senha de quatro dígitos, uma chave de acesso que deverá ser digitada toda vez que o documento digital for utilizado. A CNH Digital poderá ser acessada pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet.Previous

Se a bateria do celular acabar e o motorista só estiver portando a CNH digital, haverá pena de multa de R$ 88,38 e perda três pontos na carteira.

Fonte: Auto papo R7

0 Comentários

Deixe um Comentário