set 23, 2021

O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) participou nesta terça-feira, 10 de agosto, da reunião ordinária do Grupo Agenda Digital (GAD) do Mercado Comum do Sul (Mercosul). No encontro foram discutidos diversos assuntos como as propostas de atualização do Plano de Ação do Grupo, Assinatura Digital, Segurança Cibernética, entre outros.

O encontro foi liderado pela Diplomata e Coordenadora Nacional do GAD Brasil, Luciana Mancini e contou com a participação de representantes do Ministério das Comunicações (MCOM), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC.br), do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), da Receita Federal do Brasil (RFB) e da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Na ocasião, o  Assessor Especial do ITI Ruy Ramos, apresentou as iniciativas do Instituto para fomentar as discussões sobre Assinatura Digital não só no âmbito do Brasil mas em todos os países participantes do Mercado Comum do Sul. Dentre elas a realização de um workshop sobre o Acordo de Reconhecimento Mútuo de Certificados de Assinatura Digital do Mercosul e o Fórum Mundial de Assinatura Digital no CertForum 2021.

Pela primeira vez em formato totalmente digital, o CertForum que é considerado o maior evento sobre certificação digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), acontecerá de 21 a 23 de setembro.

Saiba mais

O GAD foi estabelecido em dezembro de 2017, pelo Conselho do Mercado Comum (GMC) com o objetivo de permitir ao Mercosul coordenar a elaboração de agenda integrada de temas afetos à economia digital, com prioridades, metas e prazos em áreas prioritárias identificadas conjuntamente.

Ao assumir a presidência ‘pro tempore’ do Mercosul (PPT), no segundo semestre de 2021, o Brasil consequentemente assumiu a coordenação do GAD. Seguindo o critério de rotação alfabética do Mercado Comum do Sul, no primeiro semestre de 2021 coube à Argentina exercer a PPT. Em 2022, a PPT será exercida pelo Paraguai, no primeiro semestre, e pelo Uruguai, no segundo. O Brasil seguirá no comando até dezembro de 2021.

Fonte: ITI

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe um Comentário