jul 5, 2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, nesta terça-feira, 21 de dezembro, o novo modelo das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas próximas eleições, em 2022.

Os equipamentos, produzidos no Brasil, são do modelo UE2020 e apresentam novo design e algumas inovações. Uma delas diz respeito ao perímetro criptográfico, que foi certificado pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP Brasil). Significa que o programador e o código-fonte do equipamento atendem aos requisitos do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

Outro aprimoramento: o algoritmo de assinatura padronizado para estas novas máquinas é um dos mais seguros do mundo (curva E-521), conforme previsto no DOC-ICP 01.01.

Outra melhoria está na duração da bateria da máquina, que não precisa de recarga, diminuindo assim os custos de manutenção. As novas urnas eletrônicas também passam a usar pen drives como mídias de aplicação, o que facilita a logística. O processador é mais rápido e o teclado possui duplo fator de contato, que permite detectar erros em caso de mau contato ou curto-circuito na tecla.

Com informações de O Globo

Fonte: ITI

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe um Comentário

Informações

Redes Sociais